domingo, 2 de setembro de 2012

Diários da Paixão (1)

Sinto em mim como se fosse de verdade. Eu quero que seja. Quero que me olhe e veja algo que nunca havia visto em outra garota. Mas você passa do meu lado e nem percebe que há sentimento em mim. Sempre existiu.


Outro dia, palavras saíram da sua boca, mas não eram as que eu esperava. 
 - Aly, você esqueceu seu livro na sala. 

O que eu esqueci mesmo foi meu nome, assim que você me entregou o livro esquecido. Minhas amigas dizem que eu deveria te dizer. E é por isso que tomei coragem para dizer o que sinto. 

 - Rodrigo, preciso te dizer... 
 - Estou escutando. 
 - Eu... espero que tenha um ótimo dia!

Ah, se você soubesse....


Nenhum comentário:

Postar um comentário