segunda-feira, 12 de novembro de 2012

MARIA

Ela cuidava de todo mundo, tinha a "Síndrome de Mãe de Todos". Cuidava da mãe e da irmã, mas nunca dela mesmo. Ela, dizia a quem perguntasse, se virava sozinha! Preferia sofrer a ver os outros sofrendo, porque seu sofrimento ela conseguia lidar, mas nunca com o choro de seus amados.

Quando finalmente resolveu que ia cuidar de si mesmo, precisou contar ao namorado um segredo de seu passado. Era um perigo, o pai que quis fazer mal a ela durante a vida inteira. Em vez de mostrar coragem, o tal moço apavorou-se. "És um homem ou um rato?" como diriam. Ela decidiu que, mais uma vez, iria sacrificar sua felicidade em favor de alguém.

"Oh, Maria, deixa que eu cuido de você." ouviu uma voz.

Um dia ela iria escutar isso. Por enquanto, coletava tristezas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário